Um CEO de opinião

No último dia 23, a BOX fez seu IPO na Nyse. A empresa, que não lucra nada ainda, gere armazenamento de dados na nuvem e captou US$ 175 milhões. Em um dia, as ações se valorizaram 66%, fazendo a alegria dos “flippers”, nome dado àqueles que compram a ação no IPO para vendê-las logo depois



No último dia 23, a BOX fez seu IPO na Nyse. A empresa, que não lucra nada ainda, gere armazenamento de dados na nuvem e captou US$ 175 milhões. Em um dia, as ações se valorizaram 66%, fazendo a alegria dos “flippers”, nome dado àqueles que compram a ação no IPO para vendê-las logo depois. Além da valorização, quem tem chamado a atenção é o presidente da companhia, um jovem carismático chamado Aaron Levie. Com quase 130 mil seguidores no Twitter, ele faz sucesso com suas opiniões. “Precisamos de um ambiente regulatório focado nos próximos dez anos de inovação, não um que mantenha os últimos cem”, escreveu, ganhando quase 250 retuítes.

Link: bit.ly/15JZE78


Quer continuar lendo? hoje

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  CAPITAL ABERTO mercado de capitais BOX Aaron Levie Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
A Carlyle e o rap
Próxima matéria
Supercurtidos



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
A Carlyle e o rap
As festas de fim de ano já passaram, mas vale a pena conferir a mensagem que a Carlyle enviou para seus investidores no término...