Instinto selvagem

Dov Charney, CEO e fundador da rede varejista American Apparel, foi demitido pelo conselho da companhia em 20 de junho. Imediatamente, especulou-se que o motivo seria o vazamento de um vídeo na internet com Charney dançando nu com uma mulher — suspeita-se que seja uma funcionária da empresa. A …



Dov Charney, CEO e fundador da rede varejista American Apparel, foi demitido pelo conselho da companhia em 20 de junho. Imediatamente, especulou-se que o motivo seria o vazamento de um vídeo na internet com Charney dançando nu com uma mulher — suspeita-se que seja uma funcionária da empresa. A carta de demissão do CEO, entretanto, foi parar no Buzzfeed e trouxe outras razões para sua saída. Diz que Charney fora despedido por falhar a seus deveres fiduciários, desrespeitar as políticas da empresa e fazer mau uso dos recursos corporativos. A notícia tornou-se uma das mais lidas do site. E a repercussão não parou por aí: defensores de Charney criaram a conta save_dov no aplicativo de compartilhamento de imagens Instagram para provar que o executivo estava comprometido com a companhia e que todos os boatos eram falsos.

Link: bit.ly/1q60Nyd


Quer continuar lendo? hoje

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  CAPITAL ABERTO mercado de capitais CEO Buzzfeed Dov Charney American Apparel Instagram Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
No clima da Copa
Próxima matéria
Quem se aventura?



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
No clima da Copa
A Copa do Mundo é o assunto do momento nas redes sociais. Ciente disso, a CVM decidiu usar a competição para educar o mercado....