Regulador europeu reclama das agências de risco

A European Securities and Markets Authority (Esma) resolveu partir para cima das agências de rating. Publicou, no início de dezembro, um relatório apontando as deficiências na produção e divulgação das notas de títulos soberanos. As três principais agências de classificação de risco do mundo — …



A European Securities and Markets Authority (Esma) resolveu partir para cima das agências de rating. Publicou, no início de dezembro, um relatório apontando as deficiências na produção e divulgação das notas de títulos soberanos. As três principais agências de classificação de risco do mundo — Standard & Poors, Moody’s e Fitch — foram criticadas pelo documento.

Entre os meses de fevereiro e outubro, a Esma investigou o método de trabalho dessas empresas. Procurou analisar diversos itens: a qualidade dos profissionais responsáveis pela produção dos ratings soberanos, o disclosure da informação ao público, a manutenção do sigilo antes da divulgação das notas, a governança corporativa e a organização para exercício da atividade.

Foram identificadas deficiências e a necessidade de melhoria em cinco quesitos: independência, prevenção de conflitos de interesse, confidencialidade das informações, timing da publicação dos ratings e recursos alocados para a execução da atividade. O regulador ainda está realizando estudos para descobrir se alguma dessas descobertas fere a regulação. Caso isso venha a ser comprovado, a Esma promete tomar atitudes no futuro.


Quer continuar lendo? hoje

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Europa CAPITAL ABERTO mercado de capitais agências de rating Moody's Esma Fitch Standard & Poors Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Regulador indiano acusa conselheiros de negligência
Próxima matéria
Gestores querem que clientes paguem por consultoria de voto



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Regulador indiano acusa conselheiros de negligência
O Registrar of Companies (RoC), órgão de registro e fiscalização de companhias indianas, entregou ao Ministério de Assuntos...