A bomba falhou

Bill Ackman está decidido a provar que a fabricante de produtos nutricionais Herbalife é uma gigantesca pirâmide financeira. Ele está tão convencido disso que anunciou aos quatro ventos, no começo do ano passado, que opera vendido nos papéis. Prometeu, ainda, uma apresentação bombástica contra a …



Bill Ackman está decidido a provar que a fabricante de produtos nutricionais Herbalife é uma gigantesca pirâmide financeira. Ele está tão convencido disso que anunciou aos quatro ventos, no começo do ano passado, que opera vendido nos papéis. Prometeu, ainda, uma apresentação bombástica contra a empresa no canal CNBC. Ela ocorreu no dia 22 de julho, mas de bombástica não teve nada — apesar dos US$ 50 milhões gastos por Ackman em investigações. A apresentação, na verdade, foi mais do mesmo; diante disso, as ações subiram 25% no pregão seguinte. Na internet, a reação foi imediata. O site Buzzfeed fez uma lista dos dez momentos mais absurdos da apresentação, como, por exemplo, o gestor ter comparado a Herbalife com a Máfia e o nazismo, acusado a companhia de explorar latinos e, até mesmo, chorado.

Link: bzfd.it/1opOOKj

Ilustração: Marco Mancini/Grau180.com


Quer continuar lendo? hoje

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  CAPITAL ABERTO mercado de capitais Herbalife fraude Bill Ackman Buzzfeed CNBC pirâmide Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Portfólio multinacional
Próxima matéria
Começar é fácil, mas depois...



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Portfólio multinacional
A Franklin Templeton tem diversos vídeos publicados no YouTube para expor princípios de finanças comportamentais. Em julho,...