Codim quer mais transparência sobre remuneração

O Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado (Codim) começa o ano com a preparação de dois novos pronunciamentos. Um deles é sobre o polêmico tema da política de divulgação da remuneração de administradores, que inclui membros do conselho de administração, da diretoria e do …



O Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado (Codim) começa o ano com a preparação de dois novos pronunciamentos. Um deles é sobre o polêmico tema da política de divulgação da remuneração de administradores, que inclui membros do conselho de administração, da diretoria e do conselho fiscal. O comitê orienta as companhias a divulgar todos os componentes da remuneração, e não apenas o montante global aprovado, como determina a Lei das S.As. É aconselhada também a implementação de um comitê de remuneração.

Todas as formas de remuneração, direta ou indireta, deverão ser detalhadas e enviadas à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e à BM&FBovespa, além de apresentadas no site da companhia com o título “remuneração de administradores”. A minuta também prevê critérios qualitativos para a divulgação dos dados, ao exigir que as premissas usadas para definir os pacotes e para remunerar os administradores sejam expostas. Não é solicitada a abertura da remuneração individual, por conselheiro ou diretor, mas sim o total para cada um desses grupos. O texto estará em consulta pública até 27 de fevereiro.

O outro pronunciamento em preparação visa a padronizar o formato e a distribuição de comunicados (releases) aos investidores. O documento estará aberto a sugestões até o fim deste mês. A proposta do Codim é garantir que as informações relevantes, inclusive os fatos negativos, cheguem à comunidade financeira de forma equitativa. A minuta orienta as companhias abertas a adotar linguagem simples, a não terceirizar listas de endereços (mailing lists) e a indicar, sempre ao final do release, nome e telefone do profissional de Relações com Investidores (RI).


Quer continuar lendo? hoje

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Governança Corporativa conselho de administração Comitê de auditoria conselho fiscal Remuneração de executivos Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Fase difícil
Próxima matéria
Siemens paga multa bilionária por escâdalo de corrupção



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Fase difícil
As Cédulas de Crédito Bancário (CCBs) fazem parte do atualmente temido grupo dos ativos de risco de crédito privado....