Brigas internas da PIMCO voltam a ser assunto na internet

26/9/2014

Gestão de Recursos/N@ Web/Temas / 26 de setembro de 2014
Por 


Pense num profissional tão irritadiço que leva os colegas e subordinados a pedirem demissão caso ele não dê o fora da companhia. Esse é o cofundador da gestora Pimco, cujo nome, ironicamente é Bill Gross (“gross” significa rude, em inglês). Hoje foi anunciado que ele estava deixando a empresa que ajudou a fundar — e na qual permaneceu por 43 anos — para se juntar à rival Janus Capital Group.

Pressões internas teriam contribuído para essa decisão. Foi o caso de cinco executivos que ameaçavam se demitir da gestora caso Gross não saísse. Charles Gasparino, jornalista e polêmico de plantão da Fox News, acredita, entretanto, que o buraco é mais embaixo. O comportamento explosivo do executivo teria se intensificado nos últimos tempos porque ele vinha resistindo ao plano de sucessão que a alemã Allianz tentava implantar na gestora, que adquiriu em 2000. Gasparino é ainda mais específico: “Um documento interno da Pimco deixa claro: Gross destestava a Allianz e a Allianz detestava Gross”.


Os gritos do executivo já haviam virado notícia em janeiro desse ano, quando o CEO da Pimco, Mohamed El-Erian, anunciou que pretendia deixar o cargo para permanecer apenas como consultor econômico da Allianz. Chegou-se a cogitar que El-Erian estava cansado de lidar com o colega. Entretanto, uma notícia da Reuters de 23 de setembro que ganhou a internet hoje dá uma versão mais simpática. Ele saiu após receber da filha de dez anos uma carta em que ela listava todos os momentos de sua vida que o pai perdeu porque estava ocupado demais, trabalhando.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Twitter CAPITAL ABERTO mercado de capitais Charles Gasparino PIMCO Allianz Bill Gross Janus Capital Group Mohamed El-Erian Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Demissão do presidente da Usiminas evidencia racha no bloco de controle
Próxima matéria
Proporção de mulheres em conselhos é recorde nos Estados Unidos



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Demissão do presidente da Usiminas evidencia racha no bloco de controle
Em comunicado ao mercado divulgado hoje pela manhã, a Usiminas trouxe a público a demissão de três de seus principais...