Sim ao conflito

Você se esforça para agradar e prefere não opinar sobre o trabalho do colega ao lado para evitar discussão? Assim você não está trilhando o caminho do sucesso nem buscando o melhor para a companhia. Isso é o que pensa o bilionário Ray Dalio, fundador da gestora Bridgewater. Para ele, conflitos são …



Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

Você se esforça para agradar e prefere não opinar sobre o trabalho do colega ao lado para evitar discussão? Assim você não está trilhando o caminho do sucesso nem buscando o melhor para a companhia. Isso é o que pensa o bilionário Ray Dalio, fundador da gestora Bridgewater. Para ele, conflitos são essenciais, e o consenso não leva a lugar algum — afinal, no mundo dos negócios, é o pensador independente e sem medo de confrontos que consegue identificar as oportunidades ignoradas pelo rebanho. A filosofia de Dalio, que ele diz estar fundamentada em “honestidade e transparência radical”, foi exposta em texto e vídeo no LinkedIn na última terça-feira e garantiu cerca de 40 mil visualizações e quase 190 comentários em pouco mais de um dia. “Em uma época em que o politicamente correto é radical, eu não acredito que honestidade radical seja possível… Pelo menos não sem o risco de processos”, ponderou um leitor, um tanto cético com fórmula mágica de Dalio.


Quer continuar lendo? hoje

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  CAPITAL ABERTO [email protected] web discussão no trabalho conflitos no trabalho Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
O novo cenário para rodovias
Próxima matéria
Um futuro para as bitcoins?



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
O novo cenário para rodovias
Faz tempo que a crise política e a recessão econômica prejudicam a captação de recursos pelas empresas. Porém, com o recente...