Seletas   |   N@ Web   |   Edição 43

Olhos no futuro

No meio de um aparentemente interminável escândalo de corrupção, a Petrobras tenta, nas mídias sociais, passar a mensagem de que vai se reerguer dos destroços da Operação Lava Jato. A empresa vem usando a hashtag #DaquiPraFrente em postagens nas quais exibe iniciativas para a melhora da governança. …



Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

No meio de um aparentemente interminável escândalo de corrupção, a Petrobras tenta, nas mídias sociais, passar a mensagem de que vai se reerguer dos destroços da Operação Lava Jato. A empresa vem usando a hashtag #DaquiPraFrente em postagens nas quais exibe iniciativas para a melhora da governança. Em vídeo postado no Facebook, por exemplo, o gerente executivo da área de conformidade, Marcio Campanelli, responde à pergunta de um pequeno empresário interessado em saber o que a Petrobras está fazendo para “não ser usurpada” por seus fornecedores.

Campanelli explica, então, como funciona o procedimento chamado “due diligence de integridade”, aplicado desde agosto de 2015 pela Petrobras em todas as empresas com que se relaciona. O executivo aborda ainda outros temas, como a política de recebimento de brindes e presentes pelos funcionários. Os esclarecimentos, entretanto, não foram suficientes para eliminar o ceticismo. “Precisamos ficar de olho, pois a Petrobras é nossa. O povo precisa aprender a valorizar nossas riquezas e cuidar delas”, afirmou um usuário do Facebook.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Governança Petrobras Operação Lava Jato n@a web Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Na falta de seguros D&O, companhias buscam alternativas para executivos
Próxima matéria
Minoritários acusam Prumo de fazê-los pagar pela própria OPA de fechamento de capital



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Na falta de seguros D&O, companhias buscam alternativas para executivos
Vice-presidente do comitê jurídico da Abrasca (Associação Brasileira das Companhias Abertas), a advogada Nair Janson...