Seletas   |   N@ Web   |   Edição 36

Lei de recuperação judicial na mira dos gringos

A Olimpíada está chegando e os comentários dos estrangeiros nas redes sociais evidenciam preocupações variadas com o Brasil — do vírus zika aos problemas com poluição e segurança. Mas o País tem atraído o interesse dos gringos também por outro motivo: a bilionária recuperação judicial da Oi. No …



Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

A Olimpíada está chegando e os comentários dos estrangeiros nas redes sociais evidenciam preocupações variadas com o Brasil — do vírus zika aos problemas com poluição e segurança. Mas o País tem atraído o interesse dos gringos também por outro motivo: a bilionária recuperação judicial da Oi. No site Seeking Alpha, um texto publicado pouco antes do anúncio do pedido comentava a má situação financeira da companhia e a falta de entrosamento da sua diretoria — afinal, o CEO, Bayard Gontijo, que comandava a Oi desde 2014, deixou a companhia neste mês. Em dois dias, o texto recebeu cerca de 130 comentários. Muitos usuários demonstraram curiosidade para entender o funcionamento da legislação brasileira em casos de recuperação judicial: queriam saber, por exemplo, a respeito da hierarquia de pagamento dos credores.


Quer continuar lendo? hoje

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Oi Olimpíadas n@ web recuperação judicial Oi Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Companhias com capital pulverizado movimentam mercado de M&A
Próxima matéria
Emissoras de debêntures se interessam por boletim de voto



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Companhias com capital pulverizado movimentam mercado de M&A
As empresas listadas decidiram sair às compras. Depois de a BM&FBovespa adquirir a Cetip, numa operação de cerca de R$ 12 bilhões,...