Bolsa irlandesa comemora fim de imposto para PME

A partir de 2014, quem investir nas empresas do Enterprise Securities Market (ESM), segmento de acesso voltado a companhias de pequeno e médio porte da bolsa irlandesa, estará livre do stamp duty — taxa de 1% cobrada sobre a aquisição de ações. A retirada do imposto pelo governo foi recebida com …



A partir de 2014, quem investir nas empresas do Enterprise Securities Market (ESM), segmento de acesso voltado a companhias de pequeno e médio porte da bolsa irlandesa, estará livre do stamp duty — taxa de 1% cobrada sobre a aquisição de ações.
A retirada do imposto pelo governo foi recebida com entusiasmo pela Irish Stock Exchange (ISE). Em nota oficial, a Bolsa afirmou que a novidade tornará as empresas locais mais competitivas e o mercado irlandês, mais parecido com o europeu.

Segundo o diretor-executivo da ISE, Deirdre Somers, além de estimular a listagem de pequenas empresas no ESM — hoje com 23 companhias —, a isenção vai ao encontro do Action Plan for Jobs, programa criado pelo governo irlandês para ampliar a capacidade de geração de empregos do setor privado. Entre os objetivos do projeto, está aumentar a atratividade da abertura de capital como forma de ajudar as empresas a crescer mais rápido.


Quer continuar lendo? hoje

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  ISE pequenas e médias empresas imposto segmento de acesso Irlanda stamp duty taxa Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Auditores não pagos pela empresa são mais efetivos
Próxima matéria
Hong Kong nega listagens com duas classes de ações



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Auditores não pagos pela empresa são mais efetivos
Um estudo publicado em outubro por acadêmicos do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e da Universidade Harvard concluiu...