Entenda o Código Brasileiro de Governança Corporativa

Como atender às expectativas do regulador e do investidor no Informe CBGC

Workshop/Encontros
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Você está preparado para entregar o Informe CBGC?

Até o dia 31 de outubro, empresas pertencentes ao IBRX-100 e o Ibovespa devem entregar à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o Informe sobre o Código Brasileiro de Governança Corporativa (CBGC). Criado pela Instrução 586, o Informe CBGC requer a observação atenta de 31 itens, que abrangem assuntos relacionados a ética e conflito de interesses, conselho de administração, diretoria, órgãos de fiscalização e controle e práticas que impactam os acionistas. Ao preencher o documento, as empresas devem informar seu grau de aderência às recomendações do Código Brasileiro de Governança Corporativa, que segue a abordagem “pratique ou explique” — modelo adotado em diversos países, incluindo Reino Unido, Alemanha e Holanda. Neste workshop, vamos explorar como fazer um informe que atenda às necessidades e expectativas de investidores e reguladores e destrinchar os pontos sensíveis da elaboração do documento em questão. Essas e outras questões foram debatidas neste workshop.

Ficou curioso? Ouça a íntegra do evento no Clube de Conhecimento!

 

Cuidados ao relatar princípios e práticas do Código Brasileiro de Governança Corporativa

Carlos Motta, sócio e head de mercado de capitais & securitização no Tauil & Chequer Advogados

Debate: Melhores práticas de entrega do Informe CBGC

 

Eduardo Figueiredo, Investment Manager na Aberdeen Standard Investments

 

José Roberto Borges Pacheco, diretor estatutário de RI e Planejamento Estratégico da OdontoPrev

 

Richard Blanchet , sócio sênior da Loeser, Blanchet e Hadad Advogados

 

Nair Saldanha, sócia no Madrona Advogados

 

Pedro Rudge, sócio na Leblon Equities

 

 

Realização

 

Quer receber em primeira mão as reportagens e os encontros da Capital Aberto?

Envie a mensagem “eu quero” para nosso Whatsapp: 11 97718 4461


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  ​governança corporativa Informe CBGC Instrução 586 Código Brasileiro de Governança Corporativa Curso de governança corporativa Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
IFRS 16: a sua empresa está preparada?
Próxima matéria
Reputação abalada



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
IFRS 16: a sua empresa está preparada?
  Em 1º de janeiro de 2019, entra em vigor a IFRS 16. A norma, que substitui a IAS 17, estabelece que as companhias...