ESTÍMULO À INFRAESTRUTURA

Como a Instrução 606 da CVM impacta os fundos de investimento no setor

O ano de 2019 trouxe boas notícias para o setor de infraestrutura no Brasil. Além dos leilões e das privatizações já anunciadas pelo governo federal, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) editou, em março, a Instrução 606, que cria os fundos incentivados de investimento em infraestrutura (FI-Infra). De acordo com a regulamentação, esses fundos podem aplicar até 20% do seu patrimônio líquido em um único emissor de ativos incentivados e suas cotas podem ser negociadas em mercado organizado. Outra novidade é a possibilidade de investidores de varejo investirem em FI-Infra de projetos ainda não “performados”. Quais oportunidades a Instrução 606 abre para os gestores de recursos? Fundos de debêntures de infraestrutura tradicionais vão migrar para essa categoria? Do ponto de vista fiscal, a norma gera segurança para investidores e players do mercado? Há aspectos operacionais que precisam ser aperfeiçoados ou esclarecidos? Essas e outras questões foram abordadas no workshop realizado dia 7 de julho de 2019.

MATÉRIAS E VÍDEOS RELACIONADOS AO TEMA

REALIZAÇÃO

11 3775 1600

WORKSHOP@CAPITALABERTO.COM.BR


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar! Já tenho cadastro!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.