A NYSE acha melhor segurar os rapidinhos do HFT. Será que vai virar exemplo?

12/5/2014

Blog da Redação/Blogs / 12 de maio de 2014
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Operações de alta frequência (HFT, na sigla em inglês): está aí uma coisa que rende pano para manga. A SEC vem debatendo o assunto há um bom tempo e chegou a pedir um aumento de 25% na sua verba para fiscalizar essas operações. A controvérsia já chegou, inclusive, na Justiça norte-americana. Em abril, o procurador-geral de Nova York intimou seis firmas que fornecem o serviço para depôr. É parte de uma investigação para averiguar se as rápidas negociações oferecem vantagens a alguns traders em detrimento de outros.

Para as bolsas de valores, é um daqueles casos em que, se correr o bicho pega e, se ficar, o bicho come. Se elas não se rendem às HFT acabam perdendo espaço para concorrentes, pois não falta demanda para esse tipo de produto. Se elas abrem as portas indiscriminadamente a essas operações, correm o risco de que seus sistemasou índices — sejam derrubados pelo excesso de ordens de compra e venda, por exemplo.

A Nyse resolveu ceder. Se há algum tempo o discurso da bolsa nova-iorquina se limitava a afirmar que seus sistemas eram robustos o suficiente e capazes de perceber problemas antes que o mercado fosse afetado, agora, ela acredita que é preciso frear as HFT. A Intercontinental Exchange (ICE), dona da Nyse, está buscando, junto à SEC, autorização para banir 12 tipos de operações que beneficiariam quem negocia com plataformas ultra velozes.

Ao dar esse passo, a ICE se alinha, por exemplo, a Warren Buffet. O bilionário já deixou claro que não gosta nada dos efeitos da HFT no mercado, e seu serviço de dados para o mercado anunciou que não fornecerá informações para quem usa esse mecanismo. Aparentemente, o coro contra os rapidinhos está cada vez mais alto. Será que outras bolsas farão o mesmo?

 


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  SEC Nyse CAPITAL ABERTO mercado de capitais HFT Warren Buffett Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Ibri e CVM lançam livro sobre comunicação financeira
Próxima matéria
Quer se comunicar com o mercado? Use a internet



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Ibri e CVM lançam livro sobre comunicação financeira
Todo empresário, independentemente do porte da companhia em que atua, contrata um contador para realizar a contabilidade;...